sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Comidinhas

Passei os ultimos dias lendo meu caderno de receitas e estou bem animada para fazer algumas delas (coisa que nao faço a um bom tempo) entao resolvi colocar algumas em pratica, mesmo que isso custe minha dieta eterna.


RISOTO DE CARNE

Ingredientes:

300 g de carne assada

100 g de azeitona preta

100 g de champignon

2 tomates

1 dente de alho

1/2 cebola

2 colheres de sopa de óleo

1 tablete de caldo knorr de picanha

Queijo parmessão a gosto

Arroz cozido



Modo de Fazer:

Lave bem os tomates, e corte em cubos grandes

Não retirar as sementes

Pique também a cebola, o champignon e a azeitona

Deixe - os separados

Pegue a carne assada e desfie bem

Coloque o óleo em uma panela, acrescente primeiro a cebola, o alho, os tomates o champignon, as azeitonas e o caldo knorr

Acrescente a carne ao molho e deixe ferver um pouco

Acrescente o arroz ao molho de carne

Polvilhe com queijo parmesão

................................................................................................

TORTA SALGADA

Ingredientes:


Massa:

3 ovos

13 colheres de farinha de trigo

1 e1/2 xicara de leite

3 colheres de queijo(opcional)

1 colher de fermento

um pouco menos que 1/2 xicara de oleo

sal a gosto

Recheio:

1 cebola

1 pimentão

2 tomates sem pele

azeitonas
orégano

Modo de Fazer:

bata todos ingredientes da massa no liquidificador, por último misture o fermento

unte uma forma retangular com margarina e farinha de trigo, despeje a massa e espalhe cuidadosamente o molho por cima da massa

se desejar salpique queijo por cima

leve ao forno pré aquecido,asse por aproximadamente 40 minutos

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Cadernos feitos por mim

ACHEI A IDEIA GENIAL !

Oficina de reciclagem artística para a produção de cadernos de aulas e anotações, em que cada participante produz seu próprio material. Ótimo para estudantes de todas as idades.


Informações e inscrições:  edu.ccjf@trf2.gov.br ou 3261-2552. Av. Rio Branco, 241 – Centro, Rio de Janeiro / RJ. CEP 20040-009

De terça a sexta, das 12h às 19h.
Entrada franca

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Parece Verdade




Exposição de fotografias "Parece Verdade" de Caio Reisewitz

Primeira exposição individual, no Rio de Janeiro, do artista brasileiro Caio Reisewitz, composta por fotos de grandes formatos, algumas imagens de rostos e de registro humano e imagens de paisagens de diversas regiões brasileiras; cenas de interiores de edifícios públicos do período colonial e da atualidade.

A mostra é uma panorâmica da trajetória de Caio Reisewitz, abrangendo os oito últimos anos da produção do artista, que rapidamente se tornou um dos mais destacados do cenário contemporâneo brasileiro. Será a primeira vez no Brasil que ele reúne esse conjunto de fotografias, das quais muitas estiveram em várias mostras no exterior.


“Parece Verdade”, no CCBB, Rio terá oito fotografias inéditas no Brasil, das quais uma, “Guanabara”, foi feita especialmente para a mostra. As fotografias, que podem medir até 2,80m por 1,95m, também representam “um panorama do deslocamento” do artista, que fotografou na capital, no interior e no litoral de São Paulo, e também no Rio de Janeiro, Pará, Goiás, Distrito Federal [Brasília] e Paraná. Há ainda trabalhos realizados em Cartagena das Índias, Colômbia, Frankfurt, na Alemanha, e em Ushuaia, Argentina.



No Centro Cultural Banco do Brasil - RJ

Data: De 11 de janeiro a 7 de

Visitação: Terça a domingo, das 10h às 21h
Curadoria: Fernando Cocchiarale.
Rua Primeiro de Março, 66 - Centro
Entrada Franca
Local: Salas B, C e D - 2º andar




segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

O início do sonho realizado

Ganhei hoje ! Muitas ideias para fotos e albuns. Agora é só colocar em prática, tornar-me conhecida e ganhar dinheiro com o que amo fazer !




"ver é diferente de olhar"

Quase lá !


sábado, 23 de janeiro de 2010

Conto de Fadas

Assisti ontem: The princess and the frog.
Adorei.



Eu acredito em conto de fadas . Adoro ver todos os filmes de princesas e príncipes. E desejos atendidos por uma estrela brilhante . E finais felizes . Ainda que eu me sinta tão impotente na minha vida . Tão fracassada a ponto de não conseguir um emprego decente . De que adianta tanto esforço meu, tantos elogios feitos a mim, se não me oferecem uma oportunidade de trabalhar realmente e ganhar por isso ?

Sentindo-me com vontade de parar o mundo e descer dele.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Quarta Notícia: 15/JAN Projetistas estendem sua estadia no Lar Batista David Gomes




- Doadores de vida precisam de doadores de recursos -

As atividades organizadas pela caravana Rio-Barreiras 2010 despertaram os missionários para a maior necessidade que o lar enfrenta, a falta de material humano. Diante disso, alguns dos participantes vão estender o seu trabalho voluntário até o fim do mês de janeiro.

Os missionários estão morando nas casas, onde desenvolvem várias atividades junto com as cuidadoras e os residentes de cada casa, como: devocionais diários, aconselhamentos, brincadeiras e o mais importante, estão convivendo com estas crianças, dando-os o que mais precisam, amor e atenção, ajudando no pleno desenvolvimento. Além de darem o suporte necessário às missionárias.

São eles:

Ana Cristina, PIB da Barra da Tijuca;

Julio Cesar, Igreja Batista de Guarajuba;

Maria do Rosário, Ministério Reconciliação e Vida;

Rita de Cássia, Igreja Batista Renovada em Santa Catarina (São Gonçalo-RJ).

Como todo desenvolvimento de ação social demanda obstáculos, as decisões tomadas de ficarem por mais tempo no lar, são um exercício pleno de fé, pois o transporte inicial da caravana terá que partir de Barreiras dia 12 de janeiro e os missionários que necessitam ficar arcarão com as despesas de retorno às suas igrejas.

Iniciamos uma campanha de capitação de recursos para a aquisição das quatro passagens de retorno. A solução mais econômica encontrada foi: Barreiras-Brasília, de ônibus R$ 360,00 (4 passagens) e Brasília-Rio de Janeiro, de avião R$ 490,00 (4 passagens).

"A seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros. Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara". Mateus 9:37-38





Texto e fotos: Luciana Monteiro

Terceira Notícia: 12/JAN - Lar David Gomes - Entrega de novos quimonos Gracie Barra



Na tarde da segunda-feira (04/JAN), o professor voluntário de jiu-jitsu Cid Batista reuniu todos os alunos que praticam o esporte no Lar Batista David Gomes para entregar os quimonos e faixas doados pela Academia Gracie Barra, do Rio de Janeiro. A academia também enviará novos tatames para o Lar Batista.


Esta parceria aconteceu a partir da visita da gerente-executiva de Ação Social da Junta de Missões Nacionais, Alice Cirino a Barreiras em outubro de 2009, quando conheceu o Projeto Kirius e Cidadania, do professor Cid Batista, professor voluntário, que já acontece há 10 anos na cidade de Barreiras e outras cidades vizinhas. Desde então, os treinos acontecem na sala multi-uso do lar, de segunda a sábado, nos horários da manhã e da tarde. E está aberto à população, com o intuito de tornar o Lar Batista David Gomes num centro de excelência em ação social, pois este é principal desafio da JMN, inserindo-o no Programa Centro de Excelência em Ação Social. Ajudando que os alunos vivam integrados com a sociedade e adquiram cada vez mais consciência que fazem parte dela, como indivíduos e cidadãos.

Texto e foto: Luciana Monteiro

Segunda Notícia: 09/JAN - Lar David Gomes - Testemunho de ex-aluno

Rodrigo Leonel dos Santos, 21 anos, ex-aluno do lar.


Profissão: 3º sargento do Exército.

Email: leonellibnie@hotmail.com




Morou no lar batista dos 10 aos 19 anos e contou da ansiedade que os alunos sentem, pois todos sabem que ao completar 18 anos precisam deixar a instituição. Relatando que os missionários responsáveis pelo lar incentivam e tranqüilizam todos os adolescentes, mostrando a vida fora do lar, salientando tudo que foi passado na educação moral e espiritual deles. Dessa forma, a transição passa a ser tranqüila porque são incentivados a interagirem com a sociedade onde vivem e não somente dentro do lar. Através de parcerias com cursos de informática, de línguas e com o Serviço de Atendimento ao Cidadão do Governo do Estado da Bahia.

No seu caso, alistou-se no Exército e lá dentro fez cursos e provas até que passou para o curso de formação de 3º sargento. Tendo condições de sustentar-se e morar sozinho. Ano passado prestou vestibular para a Faculdade Uniana, particular de Barreiras, no curso de Direito e passou com desconto de 25%, começa a estudar no segundo semestre de 2010. Os planos para o futuro vão além, após se formar em direito quer fazer concurso público e quando estiver estabilizado financeiramente, casar e ter filhos. Formando sua própria família. Até hoje Leonel volta ao lar toda semana para visitar seu irmão, Wilton, 15 anos, que vai seguir o caminho do irmão no Exército.


Texto e foto: Luciana Monteiro

Primeira Notícia: 08/JAN - Notícias da viagem à Barreiras


Barreiras, 04 de Janeiro de 2010. Segunda-feira

A Chegada

Quando chegamos ao Lar Batista David Gomes, na cidade de Barreiras, extremo-oeste da Bahia, as 23:30h - horário local, fomos recebidos (apesar do horário avançado) por alunos e alunas, que nos cumprimentaram com sorrisos e olhares esperançosos. A vontade de interagir conosco foi sentida por todos desde o primeiro momento, alguns mais tímidos, outros já nos pegavam pelas mãos e ofereciam ajuda para descarregarmos nossas malas da van onde passamos 25 horas de viagem RJ/Barreiras.

Viemos com o propósito de servir e ajudar. Qual foi a surpresa do grupo, ao chegar e ser ajudado pelos jovens que nos esperavam. Sentimos o amor e a carência a todo momento, e a atenção que nos dão tentamos retribuir na mesma intensidade.



O primeiro dia

Logo pela manhã, o pastor Edson Tinoco pediu a nossa opinião sobre a viagem na van e como estávamos nos sentindo. Conforme fomos falando, comprovamos que a comunhão e a amizade feitas na viagem foi o que nos ajudou a chegarmos felizes e restaurados ao Lar. O texto escolhido para nossa reflexão matinal não poderia ser outro senão o Salmo 133, escolhido pela irmã Cineide Coelho, mas que já estava no coração de todos nós. Ressaltando nossa união e unidade.

Após o café da manhã e o momento de comunhão nosso, fomos levados pelo Diretor do lar, missionário Odilon Ribeiro, sua esposa missionária Juju Ribeiro e filha Caroline para conhecermos todos os lugares da Instituição. Apesar de vermos que muito precisa ser feito, pois o lugar é muito grande e são poucas pessoas para tomarem conta de tudo, gostamos do que vimos, tanto das áreas comuns como da Biblioteca com a Sala de Informática, do Atelier da Costura e das Bonecas, como das casas-lares.

Como estamos em período de férias, os horários são livres, somente as refeições acontecem nos horários rotineiros: café da manhã as 07:00h, almoço as 12:00 e janta as 19:00. No restante do tempo acontecem aulas de Jiu-Jitsu dadas pelo Professor-Voluntário Cid Batista, aulas de artesanato, brincadeiras ao ar livre, futebol, caminhadas até o rio, que passa atrás do terreno do Lar, etc. Dessa forma vamos interagindo com todos os públicos daqui: as crianças e adolescentes, as cuidadoras, e os 11 funcionários como as cozinheiras e as lavadeiras.

A nossa caravana tem 21 pessoas, fomos divididos por tarefas que vamos desenvolver nos 10 dias em que estaremos aqui. Alguns foram designados para um convívio integral nas casas onde além de ajudar as missionárias a desenvolverem suas atividades também colocam em prática os objetivos missionários a que se propuseram. Outros estão trabalhando nas áreas comuns, como na cozinha e na limpeza, no ensino de artesanatos e na comunicação.

Ao final do dia realizamos uma reunião de avaliação, liderados pelo pastor Tinoco e pelo coordenador do projeto, Jefferson Ferreira que nos confirmou o quanto fomos escolhidos e vocacionados para estarmos aqui.

O dia a dia do lar

A estrutura física do lar surpreende. A divisão por casas é para trabalhar o sentimento de família através de uma convivência diária mais próxima entre os moradores. Pudemos ver que todos dentro da casa têm seus deveres bem definidos através das escalas, que estão afixadas em todas as paredes, mantendo assim uma disciplina de divisão de tarefas, que os ajuda a manterem-se sempre organizados, devolvendo-lhes a visão familiar, onde todos têm seus direitos e deveres, restaurando a identidade das crianças e adolescentes. Cada casa possui uma cuidadora, que são missionárias, e cada casa é dividida por faixa etária:

Casa 1: Missionária Cirlene, 12 rapazes de 13 a 18 anos.

Casa 2: Missionária Tiandra, 12 moças de 13 a 18 anos.

Casa 3: Missionária Sandra, 10 crianças de 3 a 7 anos.

Casa 4: Missionária Algenilza, 9 crianças de 7 a 13 anos.


O Lar Batista ainda possui Sala de Música, Centro de Reciclagem, Sala Multi-uso (onde acontecem treinos de jiu-jitsu, apresentação de teatro, etc).

Testemunhos

Elisabeth Pokorni, da PIBVIVA, nos falou que o missionário não deve ter expectativa do que vai encontrar no campo, para não ter frustrações. O ideal do missionário é estar pronto para o serviço. Na disposição de Deus, pois Ele tem infinitamente mais para nós.

Maria do Rosario, ex-seminarista do Betel, se emocionou ao nos contar que está vivendo na Casa 2 , a casa dos Bebês, e que um dos meninos de 3 anos, chamado Iago orou e ela sentiu a presença do Espírito Santo.

"Ninguém ajuda ninguém sem ficar envolvido" - Henri Nouwen.

 
Texto: Luciana Monteiro
Foto: Adriana Gregório (adolescente do Lar)

Sobre a viagem à cidade de Barreiras.

Vou postar também aqui - já que é o meu canto de inspirações e recordações - os textos que produzi durante minha viagem ao interior da Bahia. Fui para o Lar Batista David Gomes, que é uma instituição que abriga crianças e adolescentes abandonados e /ou em situação de risco social. Viajei através do Projeto Missionário Barreiras 2010, organizado pelo Seminário Teológico Betel, Rede Ministerial Sal e Luz e a PIB de Vila Valqueire, onde sou membro.

Este lugar é dirigido por meus amigos Odilon e Juju, tem um área imensa no extremo-oeste da Bahia, onde passam muitos rios e como estamos na época de "inverno" lá, há muitas árvores frutíferas, verdinhas, cheios de frutas que nós colhemos e comemos na hora. Uma maravilha! Claro, há muitos sapos, pererecas, rãs, calangos e cobras, um dia entrei no banheiro externo sem olhar para baixo e senti algo na minha perna, quando olhei, era uma perereca amarela agarrada em mim !!!!!!!!!!!!!! AAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHH.

Nem passou pela minha cabeça o que eu faria lá, fui disposta a conhecer o lugar, as crianças e rever meus amigos, preenchi a ficha de inscrição me voluntariando para trabalhar nos serviços gerais, na cozinha, como ajudante. Mas ao chegar lá fiquei sabendo que haviam designado para mim uma tarefa única: ser a comunicadora de todo o Projeto Barreiras 2010.


Nem caneta eu tinha levado! Tal era meu despreparo para exercer lindíssima função. E muito dura também. Pois tinha apenas eu para fazer tudo. Trabalhei com uma EUquipe. Por vezes minhas cabeça quase queimou, sentada no computador com tantos papeis escritos a mão, dos eventos do dia e eu sem saber como passá-los para o texto jornalístico e enviá-los aos dois sites site da PIB Vila Valqueire e o site da Junta de Missões Nacionais site de Missões Nacionais e para a revista A Pátria para Cristo e no Jornal de Missões, número 31.

Ao passar dos dias fui percebendo o quanto Deus estava me mostrando que estou no caminho certo, tudo que eu estudo e que fazer na minha vida foi usado para trabalhar para Deus também, foi o encontro perfeito. Foi a confirmação da minha vida. Foi um presentão de Deus para mim.

É muito bom trabalhar e ser útil fazendo aquilo que amamos.

Então agora, os próximos textos serão os que escrevi enquanto estive em Barreiras.

At,
Luciana Monteiro - jornalista e fotógrafa

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Tão bom estar de volta !




...

Nesse mundo de tantos anos


Entre tantos séculos

Que sorte a nossa hein?

Entre tantas paixões

Nosso encontro

Nós dois, esse amor.



Entre tantos outros

Entre tantos séculos

Que sorte a nossa hein?

Entre tantas paixões

Esse encontro

Nós dois, esse amor



Entre tantas paixões

Esse encontro

Nós dois, esse amor

!