segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Descobrimos um Novo Universo !



TV Digital: o lugar da TV não é mais só na sala.

Somos um país de poucos leitores mas todos nós vemos televisão. E gostamos disso. Daí a importância desse veículo em nossas vidas.

Fernando Bitencourt da TV Globo já disse: "O advento da TV digital será o evento mais marcante dos próximos 15 anos".

As revoluções na vida cotidiana serão imensas, mudando tudo em nossa vida, em nossa cultura e até na educação.

As plataformas digitais geram as principais discussões sobre o novo mundo digital, porque são elas que nos permitem o que o futuro requer de nós (ou o que nós esperamos do futuro): mobilidade.

O mais importante não serão os aparelhos tecnológicos - que sim, nos surpreenderão com seus formatos, tamanhos e cores - mas a maior revolução será na relação entre emissor e receptor. A interatividade é que comandará essa relação. Gerando novas formas de se pensar e fazer televisão, onde o maior desafio será com o conteúdo dessa nova forma de lidarmos com a TV, já que estará disponível para quem quiser e tiver acesso a tal tecnologia, não ser apenas o receptor dos conteúdos das TVS, mas ser também um formador de opinião, além de um consumidor de TV, ser um gerador de programas. Essas pessoas são chamadas de "consumers". Basta ter as idéias. Fazer TV é muito mais interessante do que somente assisti-la.

Onde você estiver a TV será acessível, com toda essa mobilidade e interatividade mudará a forma de consumo. Podemos ver uma novela gostar muito dos "brincos da Maya" e na própria televisão, com o auxílio do controle remoto ou do teclado ou do celular, sabermos onde tal bijuteria foi comprada e comprar para nosso uso! O valor será debitado na próxima fatura do cartão de crédito ou na boleta do celular. E o produto entregue na sua casa ! Isso já é realidade em muitos países de 1º mundo.

Quem foi ao 6º FÓRUM DE TV DIGITAL, foi porque queria ver o futuro e garanto que conseguiu!

Há um novo universo de magia e tecnologia avançadas que já estão acontecendo. Eu vi.

Luciana Monteiro

domingo, 30 de agosto de 2009

O que é nosso...

O que é nosso vem na nossa mão, não precisamos ficar correndo feito loucos, tendo atitudes precipitadas, que depois vamos nos arrepender.
Precisamos sossegar e confiar em Deus. E saber ouvir a resposta Dele ao que precisamos para viver. E seguir sem medo. Porque Deus nos dá todo o suporte que precisamos para enfrentar nossos dramas pessoais. Deus nos dá todo amor que precisamos.
Todo deserto tem seu propósito, o melhor é parar e ouvir e aprender de Deus.
Eu, no meu, tenho aprendido muito sobre mim, sobre Jesus, sobre Deus, sobre amigos verdadeiros e to vendo como sou ansiosa e precipitada e to me corrigindo nisso.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Adoro !!

Terei 04 dias de turista com uma amiga que vem do sul. Ficamos no MSN falando dos lugares, mostrando sites, fotos, notícias, planejando, sonhando ...

Pra não esquecer vou colocar aqui tudo que queremos ver, não importa que sejam apenas 04 dias e nem sabemos organizar tanta coisa pra ver e fazer.

. O Castelo da Ilha Fiscal
. Santa Teresa
. Lapa
. Praia de Ipanema
. Praia de Copacabana
. Arpoador
. Enseada de Botafogo
. Pão de Açúcar
. Corcovado
. Centro
. Confeitaria Colombo
. Baixo Gávea
. Jardim Botânico
. Feira dos Paraíbas
. Cidade do Samba
. Praia da Barra
. Praia do Recreio
. Prainha e Grumari

Será que conseguimos ???

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Ultimamente têm passado muitos anos




De Fernando para Clarice:

. Ainda é tempo de não ir, não tomar o avião, dizer que esqueci o principal, e o principal é ficar, ir para casa, ler um livro, conversar, dormir e esquecer.

. Nascer de novo cada dia e dizer: começo aqui; acordado, de pé, aqui estou. E começar de novo.

. Já ando meio cansado de ver minha vida... já ando meio cansado de ver minha vida. Quero ver a dos outros também.

. De certo modo, você me dispensa de escrever. Resta o consolo de pensar que se eu fosse capaz como você de dizer o indizível, eu teria a dizer certas coisas que você ainda vai dizer. Então me limito a esperar.


. Tudo mais são vidas.

De Clarice para Fernando:

. Estou em período agudo de precisar receber e não de escrever.

. A solidão de que sempre precisei é ao mesmo tempo inteiramente insuportável.

. Tem certas coisas que é melhor que a gente nunca tenha oportunidade de dizer, certas coisas que ficam fatais depois que se disse, e antes pelo menos era a vida de um modo geral, os divertimentos, o momento amargo antes de dormir, o almoço.

. Tive um verdadeiro cansaço em Paris de gente inteligente. Não se pode ir a um teatro sem precisar dizer se gostou ou não, e porque sim e porque não. Aprendi a dizer “não sei”, o que é um orgulho, uma defesa e um mau hábito porque termina-se mesmo não querendo pensar, além de não querendo dizer.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

O Curso do meu Sonho !


Jornalismo Cultural, Modo de Usar
.
O curso detalha o trabalho por trás dos chamados Segundos Cadernos, começando pela própria história de seu surgimento, com o Caderno B do Jornal do Brasil, terminando com o que se espera de uma boa crítica de arte.
Aborda a formação do profissional da área, os públicos-alvo, as relações com as fontes, as liberdades do texto e a fronteira entre fato e opinião.
.
.
Aula 1: O que se entende por jornalismo cultural?
A história peculiar dos cadernos de cultura no Brasil. Os seus grandes momentos: Caderno B, do Jornal do Brasil, nos anos 60; e a Ilustrada, da Folha de S. Paulo, nos anos 80. A tensão permanente entre "alta cultura" e "cultura de massa", educação e serviço ao leitor.
.
Aula 2: Quais as credenciais necessárias ao repórter?
O perigo de deslumbramento na convivência com artistas. As sempre complicadas relações com as fontes, pessoais e corporativas. As especificidades dessa área. As tentativas de aliciamento mediante brindes e viagens. Reportagem não é (ainda) crítica.
.
Aula 3: Como é o texto dos cadernos especializados?
A relativa liberdade e o espaço experimental, mesmo nos jornais mais sisudos. Entrevistas e perfis, os momentos privilegiados da profissão. Lições do New Journalism. O uso do humor. O troca-troca com a literatura. As questões de cada setor: cinema, música, artes etc.
.
Aula 4: O que se espera de uma boa crítica?
Aceitação, não convencimento. Cinco passos que ajudam nesse trabalho. Crítica também é informação, não apenas opinião. As referências canônicas no setor. Os grandes críticos no jornalismo brasileiro. A dificuldade universal e a dificuldade nativa com a crítica.
.
.
.
ARTHUR DAPIEVE é professor universitário, jornalista e escritor. Leciona Jornalismo no Departamento de Comunicação Social da PUC-Rio, assina uma coluna semanal no “Segundo Caderno” do jornal O Globo desde 1993. Tem sete livros publicados, entre eles BRock - O rock brasileiro dos anos 80 (1995), Renato Russo - O trovador solitário (2000) e o romance De cada amor tu herdarás só o cinismo (2004)
.
.
.
A partir de 9 de setembro
Quartas-feiras das 19h às 21h30
Carga horária: 4 aulas
Custo: R$350 com opção de parcelamento em 2x (10% de desconto a vista)
Local: Grupo Estação - Rua Voluntários da Pátria, 53.
Botafogo, Rio de Janeiro

Interessa (?)

Se você quiser saber
Por que é que eu gosto dele
(Interessa?)
É que ele é meu benzinho
E me trata com carinho
Faz vontade pra mamãe.
De manhã me dá um beijo
Quando sai pra trabalhar
Adivinha o meu desejo
Traz docinhos pro jantar.
Quem é que não desejava
Ter um maridinho assim?
A sorte não é pra todas
Talvez seja só pra mim.
(Interessa?)

[Roberta Sá]

domingo, 23 de agosto de 2009


Alegria

Alegria,
Era o que faltava em mim,
Uma esperança vaga,
Eu já encontrei,
Pelos carinhos que me faz,
Me deixa em paz,
Não te quero ver,
Para nunca mais.
Eu sei,
Que teus beijos e abraços,
Tudo isso não passa,
De pura hipocrisia,
Já que tu não és sincera,
Eu vou te abandonar,
Um dia.

. Cartola .

O Sol Nascerá ( a Sorrir)

A sorrir
Eu pretendo levar a vida
Pois chorando
Eu vi a mocidade perdida
A sorrir
Eu pretendo levar a vida
Pois chorando
Eu vi a mocidade perdida
Finda a tempestade
O sol nascerá
Finda esta saudade
Hei de ter outro alguém para amar
A sorrir
Eu pretendo levar a vida
Pois chorando
Eu vi a mocidade perdida
A sorrir
Eu pretendo levar a vida

. Cartola / Elton Medeiros .

sábado, 22 de agosto de 2009

Cursos de Arte


1. História da Arte IV - “O Século XX na Europa”Profª. Dra. Vera Beatriz Siqueira – UFRJ/IFCS Início: 19 de agosto - quarta-feira - 17h45 – 19h30.
Resumo: Tradição e ruptura na arte moderna, Matisse e Picasso, cubismo, dadaísmo, arte conceitual, arte povera, construtivismo, minimalismo, arte contemporânea, são os temas, entre outros.
.
.
.
2. História da Arte no Brasil - “Século XX” - Prof. Dr. Marcelo Campos - UERJ
Início: 20 de agosto - quinta-feira - 17h45 – 19h30.
Resumo: A modernidade como projeto cultural. A busca de raízes: patrimônio, folclore, tradição e modernidade. O modernismo e a formação de uma linguagem plástica moderna: adaptações, ambigüidades e conflitos diante das vanguardas européias; racionalismo, internacionalismo e abstração na arquitetura e na arte; arte e industrialização dos meios de produção, são alguns dos temas abordados.
.
.
.
Matrícula: R$ 50,00
Investimento para cada curso: 4 parcelas de R$ 100,00 (ago/set/out/nov)50% de desconto na mensalidade – Estudantes, professores(as) da rede pública e funcionários(as) do IPHAN e INEPAC.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Dia Mundial da Fotografia


"fotografar é captar o momento decisivo".

[Henri Cartier-Bresson, pra mim o maior fotógrafo de todos os tempos]
.
.
* * *
.
E viva o dia mais feliz pra mim ! Fotógrafa de coração e de vício mesmo. Adoro ver fotos, tirar fotos, editar, me inspirar. Tudo relacionado a fotografias me emociona.
.
E tem esse site aqui http//fotorio.fot.br/2009/ que mostra os inúmeros eventos de FOTOGRAFIA no Rio de Janeiro, fico doidinha ne?!
.
.
Vale a pena uma visita !
.
.

Mais Clarice !

Dessa vez foi sem querer... estava no site do CCBB do Rio procurando uma peça baratinha para ver com meu amigo Rafa semana que vem, aproveitando as ferias dele. Tem alguma dúvida ainda do que veremos?


Simplesmente Eu. Clarice Lispector

O espetáculo Simplesmente Eu. Clarice Lispector foi extraído de depoimentos, entrevistas, correspondências de Clarice Lispector e trechos dos livros Perto do Coração Selvagem e Uma Aprendizagem ou O Livro dos Prazeres, além dos contos Amor e Perdoando Deus, o monólogo conta a trajetória da escritora em busca do entendimento do amor, de seu universo, suas dúvidas e contradições.

Direção, adaptação e interpretação de Beth Goulart, supervisão de Amir Haddad, iluminação de Maneco Quinderé, cenário de Ronald Teixeira e figurino de Beth Filipecki.


Até 4 de outubro
De quarta a domingo, às 19h
Teatro I do CCBB
Duração: 60 min
Entrada: R$ 10 e R$ 5 (meia para estudantes, professores, funcionários e correntistas do Banco do Brasil e maiores de 60 anos)





ps: recado pro Jean : amigo !! leva teu livro da Clarice pra facu hj ! Preciso ler ate quarta !!!
.
.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Cartas perto do coração



Hoje terminei de ler "Cartas perto do coração" - livro de correspondências trocadas por Clarice Lispector e Fernando Sabino, entre 1946 e 1969.
No início passava voando pelas palavras de FS, para deleitar-me com as de Clarice, sentir toda sua solidão e descobrir pequenas coisas do dia a dia dessa esfinge. Mas com o tempo, fui percebendo que as palavras dele estavam me comovendo tanto quanto as dela. E assim descobri um novo-velho autor, e mexendo em meus livros até achei um dele "O homem nu", que nunca li.
E o grande presente, quando passamos da metade do livro de cartas perto do nosso coração é ver como foi o desfecho para o livro "A maçã no escuro", ver as anotações, as correções, as trocas de palavras, de intenções. Foi sublime ver como o livro foi escrito. De arrepiar e emocionar.
Ler como dois grandes autores brasileiros escreviam seus livros, contos, novelas, cartas. Ler suas dificuldades, muitas vezes iguais as minhas! A cada leitura aumetava a vontade (antiga já) de escrever eu um livro também.
Assim como FS e CL pediam desculpas mútuas, quase na maioria das cartas por estarem escrevendo sem muita inteligência e brilhantismo, peço desculpas eu também, pois faço o mesmo agora. Mas dessa vez, penso: sou igual a Clarice. E isso é muito mais do que podemos imaginar.
Toda mulher tem um pouco de Clarice em si. Eu, lendo suas cartas descobri isso de forma muito mais clara do que lendo seus livros. E agora vivo como que dialogando com ela.
.
.
.
ps: o livro já está todo marcado com passagens a serem descritas aqui, só me falta a preguiça deixar... sabe aquela preguiça que temos de escrever uma carta a um amigo muito querido? mas que sabemos mentalmente que ela será ótima quando escrevermos? pois é.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

CACHAÇA CINEM CLUBE - no Cine Odeon

ANIVERSÁRIO DE 7 ANOS DO CACHAÇA CINEMA CLUBE





O Cachaça Cinema Clube completa 7 anos de atividade no dia 19 de agosto, em sua 70ª sessão.

São 7 anos de dedicação, investimento, pesquisa e aposta no cinema brasileiro: resgatando clássicos, redescobrindo obras, homenageando mestres, revirando memórias, lançando novidades.

São 7 anos de celebração do cinema.Para o nosso aniversário montamos uma sessão especialíssima e com a cara própria do Cachaça: o melhor da recente produção brasileira em diálogo com obras-primas do cinema. Depois de homenagear tantos mestres brasileiros, estendemos nossa homenagem a 2 mestres estrangeiros, primordiais na história do cinema, Alain Resnais e Agnès Vagdar.

Após os filmes, será servida no cinema uma degustação da Aguardente Claudionor, produzida na cidade de Januária desde 1925, e eleita a 3ª melhor cachaça do Brasil no ranking 2009 da Revista Playboy. Uma cachaça de alto nível!

Excepcionalmente nesta sessão, a festa de aniversário acontecerá na Gafieira Elite, onde a noite pode durar até quando corações e corpos festeiros aguentarem. A festa será conduzida por DJ H, residente do Cachaça, e terá espaço para tudo: do rock n' roll da banda Rockz ao som intergalático da dupla DeMillus e Duloren. E Claudio Monjope e Tantão prometem deixar o casarão da década de 30 em escombros!

Uma combinação imbatível: ingresso barato, cerveja a preços módicos e música de primeira

OS FILMES:

Ocidente, de Leonardo Sette, 2008, 6’ - Um casal em viagem.

Muro, de Tião, 2008, 18’ - Alma no vazio, deserto em expansão.

O canto do estireno (Le Chant du Styrène), de Alain Resnais, 1958, 14’ - Documentário sobre a fabricação da matéria plástica, no qual a narração em versos alexandrinos de Raymond Queneau alia-se à tela larga do cinemascope. Prêmio Mercúrio de Ouro, Festival de Veneza, 1958. Legendas em português.

Um Minuto para uma Imagem (Une minute pour une image) (14 mini-curtas de 1,20', comentados por A. Varda), 1983, 20’ - Seleção de uma série de 170 mini-filmes. Um comentário de um minuto sobre cada fotografia. Legendas em português.

Tio Yanco (Oncle Yanco), de Agnès Varda, 1967, 18’ - É um retrato-reportagem do pintor Jean Varda. Na periferia aquática de São Francisco, centro intelectual e coração da boemia, ele navega com velas latinas e pinta cidades celestes e bizantinas, pois é grego.

Cachaça Cinema Clube
Dia 19 de agosto de 2009.
Cinema Odeon Petrobras, às 21h.
Preço da sessão de cinema: 10 reais (inteira) / 5 reais (meia)
Festa na Gafieira Elite, às 23h
Preço: 8 reais (com entrada do cinema) / 15 reais (normal)
http://www.cachacacinemaclube.com.br/
.
"... livres dos nomes as coisas ficam mais distantes."

[vidas secas - graciliano ramos]

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

PARA O MEU FUTURO



Publishing Management: O Negócio do livro
Conheça a cadeia produtiva, os aspectos do negócio editorial e torne-se um profissional capacitado para atuar na indústria do livro.

• Indústria e Mercado do Livro • O Produto • Produção Editorial • Catálogo • Negócio • O Futuro e Tendências no Mercado Editorial.
Coordenação: Ana Cecília Martins

FGV Botafogo
Início das aulas: 22 de agosto
Sábados quinzenais, das 09 às 16:50h
fgv.br/fgvempresarial (21) 3799-4812 e 3799-5995
.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Perigosa !

Sei que eu sou


Bonita e gostosa


E sei que você


Me olha e me quer


Eu sou uma fera


De pele macia


Cuidado garoto!


Eu sou perigosa...

Eu tenho um veneno


No doce da boca


Eu tenho uma faca


No brilho dos olhos


Eu tenho uma louca


Dentro de mim...

Eu posso te dá


Um pouco de fogo


Eu posso prender


Você meu escravo


Eu faço você


Feliz e sem medo...

Eu vou fazer


Você ficar louco


Muito louco


Muito louco


Dentro de mim...


Eu sou Perigosa!






_As Frenéticas


_Composição: Rita Lee / Roberto De Carvalho / Nelson Motta

6º Fórum Internacional de TV Digital

Instituto de Estudos de Televisão apresenta:
6º Fórum Internacional de TV Digital - Mobilidade: O lugar da TV não é mais a sala

No dia 28 de agosto de 2009, o IETV realiza o 6o Fórum Internacional de TV Digital, dando continuidade a um trabalho fundamental para o desenvolvimento técnico, teórico e estético da TV brasileira. O evento atualiza anualmente a discussão em torno da implantação das novas plataformas de televisão no Brasil e no mundo, este ano focando na questão da mobilidade.

Com um público formado quase em sua totalidade por profissionais das áreas envolvidas, a 6a edição do Fórum Internacional de TV Digital traz ao auditório do Arte SESC nomes de grande relevância, que oferecerão um panorama completo do que vem sendo realizado e planejado para a mobilidade no cenário digital da televisão contemporânea.
Programação :

10h - 11h
Mobilidade: Desafios da Produção para um Novo Modelo de Consumo
Nelson Hoineff - Presidente do IETV
O lugar da TV não é mais a sala.
.
Silvio Da-Rin - Secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura
Políticas da sAV/Minc no domínio digital Antonio Brasil - Diretor Acadêmico do IETV
TV digital: mobilidade e guerrilha tecnológica
.
11h15 - 12h15
O que o Espectador Espera das Novas Mídias
Ezequiel Abramzon - VP de Mídia Digital da Disney Latin America
As crianças e a mídia digital: geração multitarefa
.
Ricardo Mucci - Diretor de Novas Mídias da Fundação Padre Anchieta (TV Cultura, TV Ratimbum, rádios Cultura AM e FM)
A TV Cultura na era da transmissão participativa, da difusão de conteúdos multiplataforma e da TV digital.
.
14h - 15h
Construção de Conteúdo para Novas Plataformas
Newton Cannito - Criador da série 9mm (Fox)
A TV 1.5 - Tendências de conteúdo para televisão na era digital
.
Marco Altberg - Diretor do Cel.U.Cine
Cel.U.Cine - Festival de micrometragens
.
15h15 - 16h15
As Exigências de Soluções Tecnológicas
Alberto Magno - CEO da M1nd
A TV do amanhã
.
Luiz Fernando Soares - Professor Titular da PUC-Rio
Middleware Ginga em dispositivos móveis e portáteis
.
16h30 - 17h30
O que é Sucesso em Ambientes Segmentados
Alexandre Crivellaro - Diretor de Inovação do IBOPE Media
Medição de conteúdo OOH (Out-of-Home)
.
Sandra Jimenez - Diretora de Mídias Digitais e Novos Negócios da MTV
O jovem e as novas mídias
.
17h30 - 19h
Coquetel de Encerramento
Lançamento do livro: Manual do Roteiro (Editora Conrad), de Newton Cannito e Leandro Saraiva.
*
*
Local: Arte SESCR. Marques de Abrantes, 99 - Flamengo Rio de Janeiro - RJ
Data: 28 de agosto (sexta)Horário: 10h às 19h
Inscrições gratuitas através do site do IETV http://www.ietv.org.br/

VOU VER O FUTURO !


LINK PARA A INSCRIÇÃO:
http://www.ietv.org.br

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

SEXTA TEM MARATONA!

...uma garota faz programas, a outra decide morrer e a outra vive tranquila até que...

[steven soderbergh, veronika, dj, sam raimi, bolo, sarah michelle gellar, café]

*

dia 7 de agosto, a partir das 23h

*

PROGRAMAÇÃO

23h ABERTURA DO CINEMA


23h30 VERONIKA DECIDE MORRER

(Veronika Decides to Die), de Emily Young.EUA, 103 min.Com Sarah Michelle Gellar, Jonathan Tucker, Melissa Leo.NVeronika (Sarah Michelle Gellar) é uma bela jovem em seus vinte e poucos anos, com um bom trabalho e apartamento em Nova York. Porém para ela as pessoas são frias e vazias. Ela não aceita a idéia de viver uma vida sem sentido. Assim Veronika decide morrer com uma overdose de calmantes. Ao acordar de um coma em uma clinica descobre que terá apenas uma semana de vida. Nesta adaptação da mais peculiar obra de Paulo Coelho vemos como a morte pode provocar intensas transformações em nossa visão da vida.PRÉ-ESTREIA

2h30 CONFISSÕES DE UMA GAROTA DE PROGRAMA

(The Girlfriend Experience), de Steven Soderbergh.EUA, 78 min.Com Sasha Grey, Chris Santos, Peter Zizzo, Timothy J. Cox , TimothyDavis, Jeff Grossman, Ted Jessup e Kimberly Magness.Christine (Grey) é uma prostituta de luxo de 22 anos que cobra caro por cada programa. Sua história é ambientada nas eleições de 2008 (que resultariam na vitória de Obama) e ela tem de lidar com os clientes que buscam mais que um programa, além de conciliar os dilemas de seu namorado..Do Diretor de: Sexo, Mentiras e Videotape; Erin Brockovich, Uma Mulher de Talento, Traffic, Onze Homens e Um Segredo e Che.PRÉ-ESTREIA

4h30 ARRASTE-ME PARA O INFERNO

(Drag me to Hell), de Sam Raimi.EUA, 99 min.Com Dileep Rao, Alison Lohman, Justin Long, Lorna Raver, David Paymer, Reggie Lee, Adriana Barraza.Uma jovem e ambiciosa analista de crédito de Los Angeles vive uma vida tranqüila ao lado de seu namorado, o professor Clay Dalton. Mas certo dia recebe a visita de uma senhora misteriosa, que chega ao banco para pedir um acréscimo no empréstimo e poder pagar sua casa. A jovem decidiu negar o pedido a fim de impressionar o chefe, mas ao fazer isso ela acaba desgraçando a vida da senhora, que é despejada. A idosa , no entanto , para se vingar, coloca a vida da jovem diante de uma maldição sobrenatural e desesperadora.Do Diretor de: Homem Aranha 1, 2 e 3; O Dom da Premonição; Uma Noite Alucinante; Darkman - Vingança Sem Rosto e A Morte do Demônio.PRÉ-ESTREIA.

CAFÉ COM BOLO do Ateliê Culinário no término da Maratona

E AINDA

Nos intervalos, DJ JORGE LUIZ.


A bilheteria abre meia hora antes do início da primeira sessão.


ODEON PETROBRAS

Pça. Floriano, 7 - CinelândiaTel.: 2240-1093

Feito

"Sempre que houver alternativas tenha cuidado. Não opte pelo conveniente, pelo confortavel, pelo respeitável, pelo socialmente aceitável, pelo honroso.Opte pelo que faz o seu coração vibrar. Opte pelo que gostaria de fazer, apesar de todas as consequências."

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

terça-feira, 4 de agosto de 2009

para ver

estranho mundo de jack


noiva cadáver

o carteiro e o poeta

grandes esperanças



paixão à flor da pele

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Quase


Por uma estranha alquimia

(você e outros elementos)

Quase fui feliz um dia

Não tinha nem fundamento

Havia só a magia dos seus aparecimentos

E a música que eu ouvia e um perfume no vento

Quase fui feliz um dia

Lembrar é quase promessa

É quase quase alegria,

quase fui feliz à beça

Mas você só me dizia:

Meu amor vem cá sai dessa

Meu amor vem cá sai dessa.



[caetano veloso]